"Hoje de manhã quando a ventoínha tocou, eu nem quis acreditar!" (ela queria dizer campaínha)

 

"As galinhas estão a comer os sangues dos homem."

publicado por Daniela Barreira às 01:54