"Mais para cima como se fosse para baixo."

 

"Estavam crianças a chorar na televisão por causa daquele terramoto que houve na China e matou muntos meninas! Muitas pessoas sobreviveram uma semana soterradas a comer coisinhas que encontravam... E essas coisinhas eram couves que iam buscar nuns supermercados de couves que haviam lá onde as pessoas estavam (soterradas)."

 

"Aquele anúncio dos odores... Não é odores? Então, anti-desodorizantes?"

 

"Eras igual a mim mas ao contrário."

 

"Tinha um colega que era audio-visual"

 

"A minha colega das tranças está a anhar. Ela está à deriva a navegar na net sem destino. E por isso vou-lhe pedir para me fazer imensamente muitas a mim (tranças)."

 

"Eu dantes brincava com berlins"

 

"Quando eu der toque vai ao portão. Não é preciso ires à ponta da rua, fica na ponta da rua."

 

"Inês: Sabes onde fica a rua?

Ana Maria: Sei.

Inês: É que eu não sei onde fica.

Ana Maria: Eu também não."

 

"Daniela: Comichão...

Ana Maria: Comeste o quê?!"

sinto-me: morri ^^
publicado por Daniela Barreira às 15:52